Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Aparecida e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Câmara Municipal de Aparecida
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social PÁGINA NO FACEBOOK - CÂMARA MUNICIPAL APARECIDA
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
13
13 MAR 2018
Roda de Conversa discute questões de Empoderamento Feminino
enviar para um amigo
receba notícias

Realizou-se ontem, 12 de março, por volta das 19h no piso superior da Câmara Municipal de Aparecida, uma roda de conversa. Atividade essa que contou com a presença ilustre de mulheres reconhecidas por seus trabalhos prestados e também símbolos de luta e garra para exercício de suas profissões.

O intuito do evento foi agregar mais valor à conquista da "mulher", de estar inserida no mercado de trabalho depois de muito lutarem para conquistar seu lugar de respeito e acima de tudo, de direito. Na noite de ontem, quem se fez presente pode entender e também participar de questões sobre o tão chamado: "Empoderamento Feminino", mas o que seria esse termo?

Não é de hoje que as mulheres sofrem preconceito para conseguir opinar e participar de atividades sociais, de sentirem-se iguais perante o direito de trabalho, igualdade de gênero, de garantir sua segurança. Isso é o Empoderamento Feminino. O direito e o dever se "ser" alguém na sociedade.

Rita Aparecida dos Reis, secretária de Educação, Esporte e Cultura do município, esteve presente na roda de conversa e levou belas frases e uma apresentação impecável sobre a mulher na sociedade, além de outras convidadas presentes que também deixaram suas falas e ideais sobre o assunto. Rita citou uma filósofa, escritora e feminista francesa em sua apresentação, Simone de Beauvoir, feminista esta que viveu lutando pela causa das mulheres. Em uma de suas frases que define exatamente o que ela pensava, é:

"Uma mulher deve ser livre para fazer o que bem entender de sua vida. Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância".

A autora expressa acima, que a essência feminina precisa ser livre, assim como qualquer ser humano, e que a felicidade é como uma consequência, quando se vive a arte de viver bem, de ser quem cada um é ou almeja ser. A professora ainda faz uma comparação entre, Felicidade e Liberdade, relacionando ao pensamento de Simone de Beauvoir.

A noite de segunda-feira foi mais que especial, contou com diversas opiniões, muitos aplausos e tamanha sabedoria, levando uma consciência crítica do assunto, mas também aguçando os ouvidos dos presentes sobre a importância relevante da devida discussão. Em meio às mulheres que abraçaram o convite de estarem na Casa de Leis da cidade, Marcelo Marcondes, o Presidente da Câmara, pode estar ao lado dessas fortes personalidades, afinal o que seria o universo masculino sem as beldades e companhias das mulheres em nosso dia a dia, no trabalho, em casa e na vida, também pode desfrutar dessa conversa sobre o universo feminino, mas que não apenas se restringe as mulheres, mas a todas as pessoas. Além da participação da vereadora, Maria Aparecida Nascimento Castro, que não deixou de prestigiar esse dia marcante.

Um momento saudoso e diferente, que cada evento consegue trazer e nutrir bons conselhos e muitas informações a aqueles que acompanham as atividades da Câmara de Aparecida. Assim, encerrou-se mais uma noite.


Ana Paula - Advogada
Ana Paula - Conselho Tutelar
Flávia Helena - Movimento Feminista
Jamily - Psicóloga/ Guarda Municipal
Manuela - Conselho Tutelar
Rita Reis - Secretária de Educação
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia